Tipos de Celulite - Tratamento e Prevenção

A celulite, é uma alteração visível da pele (no tecido subcutâneo), onde esta começa por demonstrar um aspecto rugoso, progredindo posteriormente para uma deformação cada vez maior, podendo acarretar alguns problemas de saúde.

Podemos considerar 2 tipos de celulite

Celulite estética: onde esta modificação da pele se deve ao depósito da gordura no tecido subcutâneo.

Celulite infecciosa: trata-se de uma infecção aguda ou crónica do tecido subcutâneo, provocada por bactérias. Este tipo de celulite é caracterizada pela formação de grandes áreas avermelhadas, quentes e dolorosas, associadas a febre e queda do sistema imunitário do organismo (considerando-se assim, uma doença).

Logicamente que o tipo de celulite mais comum é a celulite estética.
A celulite estética deve-se não só à alimentação (como grande parte das pessoas pensa), mas também a fatores hormonais (derivados da desregulação do sistema endócrino), factores genético-hereditários, metabolismo lento, problemas de congestionamento da linfa e vida sedentária.

analisar a celulite

Como vejo se tenho celulite?


A celulite como já referido apresenta-se na pele de uma forma rugosa e em casos extremos observa-se um inchaço da zona onde esta está presente, sendo que se podem encontrar "depressões" (covinhas na pele), resultantes do excesso de gordura acumulada. Mas certas vezes, temos celulite sem nos apercebermos. Chama-se a isto, celulite de grau 0 e 1. Nestes casos, a forma mais simples de verificar, é apertando com o polegar e o dedo indicador (em forma de pinça) sobre as zonas mais vulneráveis a este problema, e verificar se surgem as tais rugosidades.

Entre as áreas mais frequentes de se encontrar a celulite estão os glúteos, coxas, abdómen e braços.
 

areas ou zonas de acumulação de celulite

Tratamento

Existem no mercado diversos tipos de tratamentos anti celulite, desde cremes (também em forma de gel), bermudas anti celulite, comprimidos, assim como cirurgias e máquinas de exercício físico... Mas, muitos destes tratamentos/produtos não estão provados cientificamente e poderão não resultar...
Suplementos à base de extratos de plantas adaptogénicas costumam ser uma boa solução, uma vez que ajudam o corpo a drenar melhor beneficiando a atividade renal.

Sem dúvida que levando uma dieta adequada à base de verduras e alimentos ricos em água, juntamente com a prática de uma actividade física regular e apropriada, é um passo gigante no combate à celulite, alem de ser a melhor forma económica de prevenir e combater este problema. Também deverá evitar alimentos processados, excesso de hidratos de carbono simples assim como óleos fritos e assados.


É bom também lembrar que hoje em dia existem várias clínicas que fazem cirurgias estéticas específicas para eliminar a celulite, assim como terapias não invasivas onde conseguem apresentar uma taxa de 99% de sucesso, porem este tipo de tratamentos pode ter consequências um pouco insatisfatórias (como o aumento do colesterol) dependendo da tecnologia utilizada.
Alem disso o orçamento das cirurgias estéticas poderá não agradar a todas as carteiras!

0 comentários