Medicina Quântica - Terapia do Futuro

Medicina quântica, tal como o próprio nome indica, deriva da teoria física que estuda sistemas físicos com dimensões, de escala atómica, como o átomo (designado por partícula indivisível) e seus constituintes (partículas subatómicas como o electrão, protão etc...), ou seja, esta é uma forma de estudar o corpo do ser humano no maior grau de complexidade.

Certamente já ouviu dizer que:
"existem mais átomos num grão de areia do que grãos de areia numa praia", ora através desta expressão, podemos compreender que a tecnologia usada na medicina quântica, é uma tecnologia de ponta, que trabalha com partículas da mais pequena escala e de difícil identificação.

Não queremos dizer com isto que o tratamento através desta medicina seja invasivo... Vários tipos de tecnologia têm sido desenvolvidos , sendo que já podemos contar com um aparelho denominado por "SCIO" que nos permite estudar/avaliar o corpo humano da forma mais rigorosa e de forma 100% não invasiva.

novo tipo de tratamentos


De que forma é então avaliado o nosso corpo através desta medicina?

É certo que todo o nosso corpo imite radiação, deste modo podemos aprofundar então o estudo desta radiação não só no corpo em geral, mas sim de organismo em organismo, célula a célula, pois cada parte do corpo imite também  frequências electromagnética diferentes. Compreende-se que a frequência de cada organismo está dentro de um certo valor. Ora se temos um problema numa certa região do corpo a frequência transmitida por essa região vai ver diferente, sendo assim diagnosticados os problemas.

A Medicina Quântica deposita muitas esperanças na resolução das mais variadas doenças ou problemas, sendo eles de grau físico e até emocional.

0 comentários