DTH - cabelo e alopecia androgenética

DHT ou Di-hidrotestosterona é uma hormona sexual masculina/androgénica, produzida a partir da testosterona. Esta hormona provoca diversos efeitos no nosso organismo, entre eles, a perda excessiva de cabelo, cancro da próstata, acne, etc... Porém ela também revela o seu papel importante, sendo responsável por atribuir características masculinas ao homem, como voz mais grossa, aumento da massa muscular e aumento do desejo sexual.

De facto, o DHT pode se considerar uma hormona muito odiada pelo homem em geral, na medida em que é o principal responsável pela queda excessiva de cabelo, podendo mesmo levar a uma calvice por completo.
Esta hormona é produzida através da sintetização da testosterona por parte de uma enzima chamada 5 alfa reductase, onde se revela ser mais potente que a própria testosterona.

A razão pela qual o DHT actua no cabelo assim como na próstata, deve-se ao local da sua síntese, pois a enzima 5 alfa reductase actua nas glândulas supra renais, folículos pilosos, testículos e próstata.

Ao tipo de calvice provocada pelo DHT chamamos de alopecia androgenética, a qual se deve à sensibilidade dos folículos pilosos por parte do DHT. Este prejudica a absorção de nutrientes nos folículos, o que leva a que eles se tornem mais pequenos frágeis e por fim caiam.


Tratamento

A queda de cabelo derivada do DHT pode ser tratada de diversas formas, desde a aplicação de produtos químicos que inibem a acção de enzima 5 alfa reductase (como por exemplo a finasterida e minoxidil). Estes produtos podem ser aplicados externamente assim como por ingestão. Contudo este tipo de tratamentos requer prescrição e acompanhamento médico uma vez que provocam efeitos secundários, nomeadamente de foro sexual (diminuição do libido, disfunção eréctil, ginecomastia), que se podem tornar crónicos (infertilidade).

Também é possível sentir efeitos positivos com tratamentos naturais através da aplicação de infusões e máscaras capilares de plantas anti DHT.
Produtos suplementares a base de saw palmetto também se mostraram eficazes.

7 comentários:

  1. finasterida é uma porcaria só que foi a única coisa que fez efeito num amigo meu. Estava quase calvo.. Ainda pensei tomar mas depois de saber dessas contra indicações nem voltei a pensar no assunto. Prefiro fazer um transplante (pena o preço).

    ResponderExcluir
  2. Olá, SaudeFit!

    Você sabe dizer se argilo terapia possui efeitos satisfatórios para tratar a calvice androgênica?

    Desde já, grato!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá shalke88,

      existem muitos relatos de pessoas que obtiveram bons efeitos com o uso de argila. A argila combate a queda de cabelo de uma forma indireta. Ela ajuda a remover as impurezas e o excesso de oleosidade do cabelo, abrindo os poros e permitindo à raiz manter-se mais saudável. Quando se usa argila é comum ver um cabelo mais volumoso, mais forte e bonito.
      Apesar de ter uma certa eficácia na queda de cabelo, a argila deve ser usada como complemento. Penso que por si só não será suficiente para travar a queda (apenas para pessoas que sofram de queda ligeira provocada por fungos ou desregulação das glândulas sebáceas).
      Por exemplo, o tratamento de argila é ótimo para complementar com o uso de ampolas capilares, porque permite uma melhor absorção do produto.

      Também é importante referir que existem diversos tipos de argilas com diferentes efeitos, embora todas tenham os benefícios já falados para limpar o couro cabeludo ;)

      Excluir
    2. No meu caso específico estou usando a argila preta e alternadamente a branca(para hidratar o coro, pelo que vi, a argila preta pode ressecar um pouco, embora eu tenha notado que meu couro cabeludo seja oleoso).

      Eu não sei se é impressão minha, mas depois que eu comecei a usar as argilas( próximo de um mês) parece que o cabelo está crescendo muito rápido e parece estar menos ralo. Não sei se foi fruto da minha empolgação que achei isso ou se realmente está acontecendo rs.

      De qualquer forma, acho precoce qualquer conclusão. Acho que uns 6 meses é um prazo razoável para ter conclusões. Caso não dê certo( Deus ajude que dê), vou tentar o limão( como é ensinado aqui no site).

      Como você parece se interessar no assunto, vou me esforçar pra lembrar em voltar aqui pra te dar um feedback a respeito da funcionalidade das argilas =)

      Excluir
    3. Obrigado shalke88, a partilha de experiências é muito importante para mim e todos os leitores por isso agradeço pelo feedback.
      Certamente que se usar o alecrim após a aplicação da argila terá efeitos muito superiores. A argila é otima para remover todas as impurezas e oleosidade que favorecem a criação de fungos e impedem a raiz de respirar.

      Por experiência própria sei que resulta no combate da oleosidade (tendo analisado o couro num aparelho microscópico capilar próprio). Isto após a aplicação de 3 mascaras de 15 minutos.
      O que posso dizer é que a alimentação influencia imenso na produção de óleo no cabelo e corpo. O consumo de uma dieta alcalina ajuda imenso no controle da oleosidade.

      Excluir
  3. Olá, Saúde Fit!

    Da utilização de óleos essenciais eu desisti. Fui em uma tricologista e ela me explicou que a utilização pode fazer soltar o estômago, dentre outras coisas, se não souber usar.
    Depois disso, desisti até da argila. Vai saber, né...

    Estou começando a pesquisar mais, pra ver se acho alguma alternativa com 0% de colaterais ou riscos. Já estou lendo sobre massagens que ativam a circulação( da nuca pra crânio) no couro cabeludo. Vi também um vídeo de um médico dizendo que shampoo de coco é muito bom, porque bloqueia a ação de DTH, e não tem efeitos colaterais. Ma antes de usar qualquer alternativa vou pesquisar bem.
    Sei te dizer que estou pedindo a Deus um caminho, porque ver o cabelo meio ralo já é triste =´(
    Pior que eu acho que a causa da queda do meu cabelo é a oleosidade, pois a argila pareceu estar resolvendo.

    Você já ouviu falar dessa massagem pro couro ou da eficácia\efeitos desse shampoo? Tem um tal de shampoo Kative também, mas que não li muito a respeito, só vi a citação dele num site.

    Mais uma vez te agradeço pela sua atenção e boa vontade, parceiro!

    ResponderExcluir
  4. Gostaria de saber se esses óleos vegetais como: óleo de cártamo, alecrim,semente de abóbora, argan, abacate e entre tantos outros ajuda a combater a calvície?

    ResponderExcluir