Alguns Carboidratos Simples Comuns

Carboidratos simples são macro-nutrientes constituídos por uma ou duas moléculas de açúcar.
Como já explicado no artigo Diferenças entre Carboidratos Simples VS Carboidratos Complexos
percebemos que estes não devem ser consumidos com frequência, uma vez que devido á sua rápida digestão, podem causar um pico de insulina que não é nada saudável para o organismo. Estes carboidratos também estão associados ás taxas de obesidade, assim como a doenças cardiovasculares e sobretudo a diabetes.



Vejamos então alguns dos Carboidratos Simples:


Açúcar de mesa - o açúcar branco (sacarose) que usamos no café é um dos carboidratos simples mais comuns na nossa alimentação, uma vez que ele está presente em diversos alimentos, nomeadamente bolos e outros doces.

Leite - por incrível que possa parecer, também o leite é considerado um carboidrato simples, uma vez que contem lactose, a qual representa o açúcar presente no leite e seus derivados. A lactose é um dissacarídeo, sendo portanto considerada um carboidrato simples.

Sumo de fruta - também a fruta parece ter uma percentagem de carboidratos simples. A maior parte dela é até considerada carboidrato complexo, mas é na parte líquida da fruta que se concentra o mais doce, a frutose.

Mel - a doçura do mel não engana ninguém. Com um alto índice glicémico derivado da frutose, o mel também deve ser consumido com moderação.

Refrigerantes - quase da para adivinhar que os refrigerantes pertencem ao grupo dos carboidratos simples. Apesar de existirem os mais diversos tipos de refrigerantes, qualquer um deles tem na sua composição um conjunto de diferentes açúcares complexos. Por alguma razão eles estão tão associados à obesidade infantil.

Cereais de criança - era injusto colocar nesta secção todos os cereais embalados, mas os cereais de criança são um exagero de açúcar, ainda que possam ser derivados de carboidratos complexos, eles acabam sendo processados e levam uma grande adição de açúcar, tornando-se simples e com um índice glicémico altíssimo.

0 comentários